quarta-feira, 25 de junho de 2008

Primos

Sonhei esta noite com você flor.
Estavas de verde e rosa.
Seu cabelo brilhava ao sol do inverno que começou.
Minha mão esquerda tocou sua mão direita.
Suspirei receando que fugisse.
Espera!
Quero lhe dar algo, entregar um pedaço de mim.
Toma, eu disse.
E lhe dei um livro todinho escrito por mim.
Podes não ser minha, mas és minha musa.
Inclusive nos sonhos.

Nenhum comentário: