sexta-feira, 8 de agosto de 2008

perco

Tenho onde guardar seus mistérios e confortá-los junto aos meus sonhos.

Busco sinais que me digam que sim, que não.

Apareço, vivo, e nem sei onde me ponho.

Nenhum comentário: