quinta-feira, 7 de agosto de 2008

tocar-te

Ver o intocável foi insuportável.
Tocar o inconseqüente me parece espera.
Esperar somente por mim é somente dor.
Duvidar do que acredito é acreditar na cura

Nenhum comentário: