terça-feira, 9 de dezembro de 2008

só gritando

Posso ter o incondicional?
Posso andar na borda do Hades?
Pode ser característico do desarranjo emocional?
Querer gritar não é normal.
Não é.
Subir ladeira a pé.
Soletrar sozinho.
Alimentar de pó.
Ficar sem sentir dó.
Enraivecer e enfezar todinho.
Não é normal.
Não é.
Posso ser imoral?
Posso colocar no pedestal?
Pode ser apenas de um só?
Quero sair do pó.
Pode ser pior?
Se ficar melhor vem dor?
Quero que me veja só.
O que será do amor?
Se tudo fosse cor.
Se alguém fosse por,
um coração aqui.
Eu vou partir
Eu vou dormir.
Quero sair daqui.
Quero gritar.
Eu sou normal!

Um comentário:

Nayara .NY disse...

Às vezes essa é minha vontade
Mas todos somos tão loucos
quanto pensamos ser normais
A loucura está dentro de nós
e tudo que está fora do padrão
é consideravelmente incomum
E o incomum não pode ser tão ruim como a tristeza de um
dia comum