sábado, 14 de fevereiro de 2009

lanço

Que tenho eu com seus olhos tristes,
Com suas mãos delicadas,
Com o tamanho de sua escapada?

Que tenho eu de dizer ainda,
Se você minha bem-vinda,
Não me quer nada?

Que tenho mais pra fazer,
Se tudo daqui de dentro já dei,
E estrelas não alcanço?

Que amor mais eu darei,
Se todo que havia,
Agora pela estrada lanço?

Nenhum comentário: