quinta-feira, 2 de abril de 2009

não me assento

silencio. se me pedes.
distancio. se tu ficas.
denuncia. minha paixão.
alivio. seu apresamento.
copia. nosso destino.
fútil. o amor.

5 comentários:

Cristal - a louca. disse...

Meu sério, não consigo entender rs.

Beijundas ^^

Cleyton disse...

ui.

MARCOS disse...

Cristal Loquita, qual parte você nan endendeu? A de antes ou a de depois do amor? Dependendo, eu consigo explicar...
Bjundos redondus....

Pedro disse...

O amor é o melhor assunto pra poesias introspectivas

*Bela Poeta disse...

Olá Marcos!
Enfim vim fazer uma visita e dizer que gostei de ler seu comentário. Que bom que gostou de tantas coisas lá no meu blog. Também achei o seu muito franco e sucinto nas palavras. Também gosto de objetividade e parece que vc consegue refletir bem isso em seus poemas. O que é muito bom. Gostei muito desse, apesar de não concordar que um amor de verdade seja futil. Nesta frase acho que colocaria a dor no lugar do amor, pois qnd amamos e sofremos, nunca achamos que sentimos dor de verdade, mesmo a sentindo o tempo todo. Bem, nem sei se consegui me fazer entender, mas amei tudo que li.
Volto qnd puder.
Abraço e volte sempre que quiser lá na *Bela.
Bye..
Vanessa.