segunda-feira, 11 de maio de 2009

nem...

nem tanto, nem tão.
apenas o bastante para parar.
apenas o basta quereria.

nem sim, nem. 
não!
o nem, para mim,
disjuntiva, a sua conjuntiva.



13 comentários:

Carola Guimarães disse...

Nem muito nem pouco, o suficiente!
Adorei! ;)

Sonia Schmorantz disse...

Vim deixar votos de uma excelente semana para ti.
um abraço

Luna Sanchez disse...

Já disse Renato :

♪ "O que é demais,
Nunca é o bastante." ♫

Beijo,

ℓυηα

Nathália disse...

Apenas o suficiente. Quanta gente não percebe isso, hein?

Beijo!

Talita Prates disse...

Nem gostei... (mentira...)
Sdd.
Bjo e paz.

Isa disse...

SAUDADE

Ana P. disse...

Nem um nem outro
Nem isto nem aquilo
Nem ao céu nem ao inferno
Nem tudo nem nada

Tampouco a dor
Tampouco a ferida
Tampouco a saudade
Tampouco o vazio
Tampouco a solidão
Tampouco o fim.

Quero, queria, querendo
Apenas o começo. Só um começo.

Não sei se é pedir mto, mas... vou continuar pedindo.

Apenas o começo.

Ricardo Esteves disse...

a gente fala tanto nem ,tanto nãoo
e sim´s a gente quase não diz, ja percebeu isso ?

Talita Prates disse...

Será que o amor limpa tudo? ;?
rs
BjU!

Bárbara (B.) disse...

Nem sim, nem não. Talvez, então?

ParadoXos disse...

poema iilogicamente muito lógico e inteligente!!

abraços meus

Diana Valentina disse...

só o que pode alimenta pra deixar bem.
nem menos nem mais.
=)

i ILÓGICO disse...

carola: já falei que adooooro seu nome? no more...

sonia: meus poemas te tocam?

luna: qual?

nat: é porque a balança de pesar tá desrugulada....

isa: de quê? de sumir? rs

anita: aquela luz lá? o que é?

ricardo: como sempre seus comentários são perspicazes. exato companheiro. onde está o sim?

talitinha: limpa. mas, o que suja o amor?

barabara: talvez...

paradoXos: "ouvir" você, não é só elogio, é crítica

diana: meu pão é o amor