quinta-feira, 14 de maio de 2009

sabendo

Dormi tarde e me ocorreu de sonhar, com mãos,
Explico, e se eu justifico, é por ter a observação.
As mãos me tocavam nas costas das minhas,
Por debaixo dos panos das mesas.
E era o coração na boca,
Como se já o fim.

8 comentários:

Cleyton disse...

Sonhei com pés. De laranja.

Luna Sanchez disse...

Hummmm

Suponho que o dia que se seguiu, tenha sido suave, suave. ;)

Beijo.

ℓυηα

Gil. disse...

Já escrevi, e vi algo assim...
Beijo meu.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

iilógico disse...

Cley...tão: e o mamão?

Luna: em panos brancos...

Gil: ué? sabe que uma vez mostrei uma poesia para minha irmã dizendo que era minha? e ela disse:
- sua um escambau! é minha!
kkkkkkkkkkkkkk

Rebeca e JC: voltem e voltem...

Dica disse...

Ilógicoo.. =)

Lindo tetxo, meu bem!

;***
(o melhor lido hj)

Ana P. disse...

Eu também dormi tarde e sonhei
Sonhei que eu pulava no tempo
E via um momento feliz que eu já vivi
Daí eu pulei de novo no tempo.

E vi que tudo seria possível again. Bastava uma coisa

Uma palavra, um sorriso, um gesto.

Que eu esqueci no sonho.

Leo Lemos... disse...

gostei. meus sonhos, ultimamente, tem sido muito sensoriais: tato e paladar inclusos. um devaneio enfim...