sexta-feira, 12 de junho de 2009

rio 1909

- não! eu não posso sobreviver sendo o tenente dilermando de assis!
- mas você agora tem a esposa dele, anna!
- sim! mas euclides da cunha, o seu marido, morreu!
- então?
- somente sou dilermando com euclides vivo!

3 comentários:

Cristal - a louca. disse...

oi?

Aprendiz disse...

Tenho um amigo, décadas mais velho, mesmo, deve ter uns 63, que vive no Rio, proeminente advogado, e que se chama Dilermando pois seu pai adorou esta história!
Grande abraço

Luna Sanchez disse...

Uhun.

ℓυηα