terça-feira, 18 de agosto de 2009

como?

é. discuto sim!
como posso concordar que com a certeza venham juntas as incertezas?
como, depois do tempo corrido o tempo pareça tão lento?
como, depois de desejar, deseje que não sinta tanto?
como pode, a entrega total, parecer abuso de confiança?
como posso ser inútil ao me descobrir útil?
como pode ser real, se desde o início parecia sonho?
como sonhar se a realidade bate a porta?
como não amar?
como não não querer?
como não ir?
como não ser o meu todo ser?
como não ser por você?



4 comentários:

Cristal - a louca. disse...

como?

Beijundas.

Érica disse...

Não tem como. Simplesmente.
Se houvesse como, ninguém padecia.
"Como não ser por você?"
Se não tem como, que assim seja.
rs.
Beijão

Talita Prates disse...

E... adianta discutir?

Bju-te.

Talita Prates disse...

Vouuuuuuuuuuuuuu, 'Cos! Vou fundo!
Deixo de lado as coisas rasas.
Obrigadíssima pelo elogio! =)
Bjo-te, em paz.