sexta-feira, 20 de novembro de 2009

desenrole

tenho uma saudade tão intensa....
não é "grande de enorme", é extensa....
toma a forma de espiral e me enrola todo...
e enquanto faz isto vai me alisando a pele,
coroando o dia,
lavando a aura,
completando o sal,
empolgando o amanhã.
suplicando beijo,
pedindo colo,
lembrando cheiro,
olhando vazio,
dando arrepio,
copiando as falas,
relendo alegria,
surrupiando as horas,
pra que chegue logo o momento
de você me desenrolar...

5 comentários:

Amanda Goulart: Jornalismo em tempo real disse...

Nossa! Eu também sinto tanta saudade...
Parece que sufoca a garganta.
Energia que se desfaz num simples gesto de amor...
O amor nem sempre se concretiza.
Saudades de vc no meu blog!
Bjs

Talita Prates disse...

Ah,
adoro vc-romântico!
Que bonito.

i ILÓGICO disse...

amanda: o amor se concretiza em tudo, toda hora, não? tô indo la fia...só não comento...mas eu vou sim, viu?tô meio recluso...kkkkkkk

talita: tô gastando!!!

Leo Lemos... disse...

incrivelmente bem desenvolvido esse teu dom assombroso de dizer aquelas coisas que meu coração suspira mas eu não consigo entender... Fantástico, homem, FANTÁSTICO!

i ILÓGICO disse...

leo, gentil, muito gentil.
obrigado!!!