quinta-feira, 11 de julho de 2013

não tenho motivos.
meus motivos não existem para ninguém mais, além de mim.
não consigo pensar em nada além de um segundo atrás.
tudo é dor nas lembranças.


Nenhum comentário: